Sprinklers

Dispositivos projetados para controle e detecção de incêndio em seu estágio inicial, sensível ao calor,  sua ampola  de vidro constituída de glicerina não tóxica, ao aquecer o  fluido expande-se e quebra o invólucro bulbo de vidro, sendo liberada a água que cairá de forma circular .

Os sprinklers são extremamente confiáveis e não irão ativar sem calor , somente a fumaça não é suficiente para ativá-lo.

Os tipos de  chuveiros (sprinklers)  automáticos, bulbo de vidro acionados com a ação do calor ou abertos, permanecem abertos e são acionados manualmente ou pela ação do calor.

Quanto à distribuição de água:
Sprinkler UP – Right (spray) a água é projetada para baixa, pouca ou nenhuma é dirigida para o teto;
Sprinkler Sidewall (tipo lateral) a água é projetada para frente e para os lados;
Sprinkler Pendentes (especiais) instalados somente na posição pendente, embutidos ou em forros falsos.
Sprinkler Standard K-80 68º.

As canoplas de sprinklers são acabamentos estéticos.

Podem ser encontrados com temperaturas 68º, 79º, 93º, 141º, respectivamente bulbo vermelho, amarelo, verde e azul.
No mais comum no Brasil é de 68ºC (bulbo vermelho). Não atendendo a fluídos sólidos, nem que vem a se solidificar (tintas, vernizes, resinas).