Mangueira de Incêndio – Mangueira Corpo de Bombeiros

 

A saber, para que a água alimentada pela rede de hidrantes seja aplicada de maneira eficiente no combate às chamas, certamente a escolha da mangueira de incêndio deve seguir diversos critérios, além disso, atender a norma  ABNT NBR 11861.
É um equipamento indispensável para as brigadas de incêndio.
Em outras palavras é de suma importância a escolha da mangueira de incêndio, não apenas  deve ser levado em conta a área, classe de pressão, nível de abrasão, como também devemos levar  em conta o tipo de edificação.
Afim de que a água alimentada na rede de hidrantes seja suficiente no combate às chamas.
(residencial, industrial, comercial, naval)
As mangueiras de incêndio estão disponíveis nos diâmetros de 1.1/2″ e 2.1/2″, com comprimentos de 15, 20, 25 e 30 metros.
O mangotinho é fabricado no diâmetro de 1″


Mangueira de Incêndio para Todas Necessidades

 

mangueira de incêndio  sob medida é feita de acordo com a necessidade apresentada pelo cliente.
Sendo assim, uma equipe técnica  pode oferecer o equipamento mais adequado para garantir fluidez e resistência no combate ao fogo, não apenas controlando as chamas como também para impedir que o incêndio se espalhe.
Produzida para aguentar o contato com a temperatura elevada, certamente feita para ter muita durabilidade, mesmo quando está enfrentando condições adversas.

Validade das Mangueiras

Para que as mangueiras durem mais e permaneçam sempre em bom estado, alguns cuidados devem ser tomados para evitar problemas não apenas durante o uso, como também no armazenamento desses equipamentos. Algumas dicas importantes são:

  • Dobradura: para enrolar corretamente a mangueira é preciso dobrá-la de forma que ambas as extremidades fiquem para o mesmo lado, porém distantes um metro uma da outra.
    Depois, basta enrolar o lado oposto, até que as extremidades se aproximem;
  • Manutenção:a mangueira deve ser guardada sempre seca; ademais, não é recomendado arrastá-la pelo chão para não deformar os engates.
    Por fim, durante o uso, as válvulas devem ser abertas de forma gradual, a fim de que a pressão não a rompa;
  • Limpeza:caso haja sujidades e resíduos, estes devem ser removidos com detergente neutro e uma escova macia, sem a necessidade de colocar muita força. Jatos e sprays de água também podem ajudar a remover manchas e sujeiras.
    Assim, o objetivo é comparar como as formas de acondicionamento de mangueiras influenciam no tempo de montagem das linhas de combate.
  • Posteriormente pontuar positiva e negativamente as forma de acondicionamento que podem ser utilizados pela corporação em incêndios urbanos.
    Por fim, analisar a viabilidade do emprego de linhas pré-montadas acondicionadas em ziguezague

    Qual a melhor maneira de armazenar o conjunto da mangueira de incêndio?

    • Enrole a mangueira de maneira correta, pois ela precisa se desenrolar rapidamente quando for necessário;
    • Certifique-se que ela está armazenada junto com o hidrante, dentro de uma caixa para hidrante externa ou de embutir para hidrante, elas possuem painel de vidro para facilitar o uso no caso de emergências, além de possuírem uma cor chamativa para que possam ser localizadas facilmente;
    • A caixa para hidrante precisa possuir um espaço para a ventilação do conjunto da mangueira de incêndio, fazendo com que não aconteça a deterioração da mangueira por causa dos bolores, fungos, etc;
    • Depois da utilização, é necessário lavar e secar as mangueiras de combate a incêndio, para que a durabilidade das mangueiras seja maior;
    • Evitar guardar as mangueiras de combate a incêndio em locais que sejam pontiagudos ou ásperos para não danificá-las;
    • As mangueiras servem para combater incêndios, portanto, não as utilize para nenhum outro tipo de afazer.
      Portanto, a forma como as mangueiras são acondicionadas (em espiral, aduchadas ou em
      ziguezague) podem proporcionar aos bombeiros maior agilidade e eficiência no
      combate aos sinistros


    Mangueiras confiáveis e os melhores profissionais

    Com o propósito de atender e satisfazer todas as demandas de seus clientes e fornecer equipamentos de alta qualidade.
    A PVV comercializa apenas mangueiras em total conformidade com a ABNT, certificadas pelo ISO 9001, testadas e aprovadas pelo Inmetro.

    Além disso, a empresa fornece os cincos tipos de mangueiras de combate a incêndio em todo território nacional.

Norma

A norma ABNT NBR 11861, a obrigatoriedade, por parte dos fabricantes, em comercializar mangueiras de incêndio com união.
Esta norma estabeleceu critérios mínimos de resistência a à abrasão, proporcionando ao produto uma maior durabilidade.
Sendo assim, foi definido como mangueira de incêndio:
“Equipamento de combate a incêndio, constituído essencialmente por um duto flexível dotado de uniões.”

 

Os tipos de Mangueiras de Incêndio

 

Em suma, o mais importante é saber qual o tipo de mangueira destinado a cada ambiente.
Em primeiro lugar mangueira o tipo 1 que é ideal para ser utilizada em edifícios residenciais para apagar chamas em materiais sólidos, por exemplo, como madeira, papel e tecido.
Em segundo lugar tipo 2 das mangueiras de incêndio são indicadas para o uso em edifícios comerciais e pelo Corpo de Bombeiros.
Em terceiro lugar  as mangueiras do tipo 3, que são indicadas para a área naval e pelo Corpo de Bombeiros, por serem resistentes à abrasão e por ser ideal para apagar chamas em situações mais críticas.
No entanto, exitem ainda os tipos 4 e 5 das mangueiras de incêndio possuem maior pressão e altíssima resistência à abrasão.
Sendo que seu uso é destinado ao Corpo de Bombeiros, além disso para indústrias que trabalham com combustíveis e com metais que inflamam espontaneamente, como por exemplo magnésio, potássio e o sódio.

Em terceiro lugar  as mangueiras do tipo 3, que são indicadas para a área naval e pelo Corpo de Bombeiros, por serem resistentes à abrasão e por ser ideal para apagar chamas em situações mais críticas.
No entanto, exitem ainda os tipos 4 e 5 das mangueiras de incêndio possuem maior pressão e altíssima resistência à abrasão e sendo que seu uso é destinado ao Corpo de Bombeiros, além disso para indústrias que trabalham com combustíveis e com metais que inflamam espontaneamente, como por exemplo magnésio, potássio e o sódio.

Tamanhos e Medidas das Mangueiras

Tipo I : Edifícios de Ocupação Residencial:

– 11/2 x 15 m

– 11/2 x 20 m

– 11/2 x 25 m

– 11/2 x 30 m

Tipo II : Edifícios Comerciais, Industriais e Corpo de Bombeiros

– 11/2 x 15 m

– 11/2 x 20 m

– 11/2 x 25 m

– 11/2 x 30 m

– 21/2 x 15 m

– 21/2 x 20 m

– 21/2 x 25 m

– 21/2 x 30 m

Tipo III: Área Naval, Industrial e Corpo de Bombeiros

– 11/2 x 15 m

– 11/2 x 20 m

– 11/2 x 25 m

– 11/2 x 30 m

– 21/2 x 15 m

– 21/2 x 20 m

– 21/2 x 25 m

– 21/2 x 30 m

Tipo IV: Área Industrial

– 11/2 x 15 m

– 11/2 x 20 m

– 11/2 x 25 m

– 11/2 x 30 m

– 21/2 x 15 m

– 21/2 x 20 m

– 21/2 x 25 m

– 21/2 x 30 m

Tipo V: Área Industrial

– 11/2 x 15 m

– 11/2 x 20 m

– 11/2 x 25 m

– 11/2 x 30 m

– 21/2 x 15 m

– 21/2 x 20 m

– 21/2 x 25 m

– 21/2 x 30 m